BREAKING NEWS

Tweet Tweet

11 de set de 2015

Machismo no Hallyu- Parte-1


Fãs de k-pop e musica asiática, o tema da vez que vim falar é do feminismo no k-pop e no mundo asiático, bem, olhando de longe vemos grupos fofos, quase perfeitos, com idols que todos os garotos e garotas querem ter na vida e blablabla, mas será que a asia é mesmo assim? será que essa perfeição é real?

Sinto informa-lhe meu caro amigo, mas o k-pop assim como o pop americano, e de outros países nada mais é do que obter lucro, vender uma imagem, sejamos sinceros, mas o k-pop ele tenta vender uma imagem para adolescentes, com meninas e meninos fofos, com rosto perfeitos, 'abs' perfeitos entre outros, por outro lado é bem evidente que os grupos femininos são mais cobrados que o masculino, roupa, coreografia, MV, atitude, vida pessoal......Não é novidade a coreia é machista como toda a ásia, e se tem algo que asiáticos não evoluíram é a mente, claro esse conceito não vale para todos, assim como há asiáticos que têm uma mente bem aberta há muitos ocidentais com mente fechada, afinal a coreia se abriu a pouco tempo assim como outros países asiáticos como a china que vem se abrindo aos poucos, e querer que o país seja exemplo de feminismo e luta pela igualdade é querer demais.

Não vemos idols que lutam pelo feminismo o máximo que vemos são musicas chulas, que parecem reivindicar os direitos das mulheres, salvos algumas exceções. A explicação pra isso é bem clara, quem são CEO's das empresas de k-pop? Sim homens com grande poder, sentados em seus tronos no cargo mais alto, segundo, o k-pop é bem rotativo, hoje temos um grupo muito famoso, mas raramente durarão muitos anos, o tempo inteiro grupos fazem comeback e dão disband, como um ciclo vicioso, e se fizerem algo que errado então ameaçam a fama do grupo inteiro, correndo o risco de disband,  as idols não têm tanto poder nas mãos e o máximo que elas podem fazer é trabalhar, arduamente e ter a sorte de fazer um pouco de sucesso, então quando der o disband elas sairão com um pouco de dinheiro na mão é uma boa reputação entre os homens e conseguindo um bom marido, então querer que elas representem as garotas é querer demais.
Além disso vemos garotas que se esforçam muito e tem muita força, quem segue grupos femininos no instagram entre outras redes frequentemente deve ver fotos de hematomas, muitas das vezes surpreendentes, resultantes dos esforços das garotas, mas a questão é porque essas garotas sofrem tanto, e no fim quando fazem um comeback, a unica coisa que notam ao invés de todo o esforço que tiveram no MV notam apenas, que fulana não tem o rosto bonito, ou fulana ta precisando emagrecer, esse conceito foi sexy demais, a coreografia foi muito vulgar...... Não que boys groups não se esforcem, mas o resultado do esforço é completamente diferente, pois se algum garota de boy group machuca uma unha logo é, tadinho se esforçando tanto, essa empresa abusa deles, mas se é uma garota logo vejo, ela tem que se esforçar mesmo, é normal.
Abaixo uma imagem da Jessi Ho que ficou internada após se esforçar excessivamente para o seu novo comeback





Aqui uma foto da sihyun raper do grupo Spica
Quanto a conceito sexy, facilmente a gente encontra comentários negativos sobre  o conceito, "como elas são putas, como mudaram o conceito só apelam, estão quase nuas nesse mv," porém se é um grupo masculino logo que ficar completamente nu, logo a resposta seria, "como ele é lindo, como inovou, ele merece meu respeito, ta mostrando que cresceu" o pior é que esses não são comentários de coreanos apenas, a maioria dos comentários em MV's de kpop são de estrangeiros e desses muitos são orientais: americanos e brasileiros, que se iludem com o falso puritanismo do k-pop. pra esses  so digo uma coisa:
"Seja menas"
 Na minha opinião o conceito sexy que vem invadindo o k-pop mostra uma tolerância maior com a sexualidade feminina enquanto conceitos fofos muitas das vezes mostram mulheres sujeitas a ser o sonho masculino.

Agora podemos comparar 2 MVs , Mommae do Jay Park e Vibratto a musica tão polêmica de Stellar.





Pra começar eu adoro o Jay Park, só achei um bom mv pra ser comparado, pois ambos foram lançados esse ano,tem uma média mais aproximada de visualizações.
Vamos lá: Mommae foi lançado antes de Vibrato e tem uma media de 4 milhões de visualizações,
40 mil likes e 3 mil deslikes, no Mv temos uma letra falando dos corpos das garotas em que a frase que mais me chamou atenção foi"Você é uma criadora, alimentando todos os homens excitados" no Mv temos uma coreografia ousada coreografadas por mulheres, porém a quantidade de deslikes é baoxa afinal, ele é um homem, um idol amado do kpop( repetindo não sou hater é só um exemplo), vi pessoas falando de coisas como: "ele é ousado, não é mais uma garotinha, arrazou"......... também ouvi comentários contrários reprovando o MV mas a maioria claramente o apoiava, o índice de deslikes mostram isso.

Vibrato tem uma média de 3milhões de visualizações, com 30 mil likes e 10 mil deslikes, na letra o que mais se destacaria, seria " Me diga, que você vai me levar às alturas" claramente uma letra boba de uma garota apaixonada, no MV temos muita ambiguidade, apesar de ser bem evidente, não cega a ser explicito de forma alguma, porém o numero de criticas sobre as garotas foi muito maior assim como a quantidade de dislikes, e como disse anteriormente, vi muitos brasileiros criticando-as, assim como criticaram hello venus, hyuna, gain entre outros.

tenho mais estatísticas sobre o machismo na coreia e no kpop, porem nesse post queria enaltecer mais esse problema entre os kpoppers ocidentais, que estão exigindo dos idols tanto quanto os coreanos.

Mas pra fechar temos que ter um clip da garota que poderíamos chamar de referência para as feministas do k-pop, afinal só ela que tem um MV falando dos abusos em um relacionamento de sua virgindade e se masturbando em um MV huehuehue Gain.



Acho que a postagem ficou grande, tinha doramas, cantores da coreia e outras partes e filmes que queria mencionar, porém deixa pra próxima postagem, mas pretendo fazer outras sobre machismo, homofobia e feminismo, claro no pop asiático.

Outra coisa que gostaria de ressaltar é que apesar de não haverem muitas idols que se intitulam feministas creio que o fato de entrarem no k-pop e se esforçarem tanto, já as fazem grandes, afinal o mundo k-pop é governado por homens e cada passo que dão é um passo nessa luta, e como o k-pop é uma enorme referencia na coreia, talvez esse seja um grande passo pra essa luta na Coréia, ja que a mesma precisa fortalecer o feminismo no país.

Se tiver gostado da postagem comenta ai, se não tiver gostado critique ai opiniões divergente também são aceitas!!

3 comentários :

  1. Exatamente assim! Wow! Isso é tão triste :(

    ResponderExcluir
  2. Só obter lucro? Só isso?!
    Mana se informa antes de defecar pelo computador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mana/Mano, é sim para obter lucro, não existe outro motivo não colega, empresas querem apenas obter lucro, talvez os idols façam pq gostam ou pela fama, mas o objetivo de uma empresa é obter lucro sim!

      Excluir

OPS! Não saia sem comentar.